• Pr Helio Peixoto

Sugestão: Jesus, a cura de toda opressão


Por onde Jesus passava e percebia que havia uma crença genuína em sua pessoa, Ele respondia com curas, sinais e prodígios porque Deus era com Ele.

Mas é interessante notar dois pontos neste verso: ele diz que TODOS eram curados; e ele se refere a quem era curado não como um doente, mas como OPRIMIDO pelo diabo.

Jesus curou todos, o que significa que a ideia que as pessoas têm de que alguns podem ser curados milagrosamente e outros não é completamente errada. Tudo que Jesus fez e falou foi para ser o nosso exemplo de conduta – ele curava todos, porque amava todos igualmente.

Depois, vemos que os enfermos eram, na verdade, oprimidos pelo diabo. Então, jamais, em tempo algum, a doença poderá vir de Deus como uma estratégia para nos ensinar algo através do sofrimento.

A fonte da doença sempre será o diabo. Estar doente significa que, em primeiro lugar, existe uma luta espiritual a ser travada. É claro que os medicamentos e tratamentos existem para apoiar a cura, mas tudo que ocorre tentando prejudicar a saúde do ser humano tem um pano de fundo espiritual.

O inimigo traz o seu lixo em forma de dores e doenças para as pessoas com o intuito de oprimi-las, colocá-las para baixo, paralisá-las e destruí-las. No entanto, esta não é a vontade de Deus. Se você compreender que doenças são do mundo do espírito, ficará mais fácil posicionar-se em fé e vencê-las.

Jesus levou, na cruz do Calvário, há mais de 2 mil anos atrás, tudo que nos aflige, inclusive enfermidades. Você precisa crer que já é curado, mesmo que esteja sentindo dor ou um diagnóstico aponte algo terrível em seu corpo. Creia nisso e confesse todos os dias que é curado, e não oprimido, porque Jesus conquistou vitória para você.

#livros #literatura

2 visualizações

Todos os direitos reservados 2017 - Donato Farinelli 

café com teologia. Esta página destina-se a publicação de Artigos e devocionais cristãos